folha2.png

Resistência

a

Antibióticos

ESKAPE POSTER (PT) - MARIANA ESCUDEIRO.p

Voltar

Trabalho de Mariana Escudeiro, no âmbito da Tese de Mestrado em Bioquímica Clínica, para o Departamento de Química da Universidade de Aveiro, e em colaboração com o Serviço de Patologia Clínica do Centro Hospitalar do Baixo Vouga.

ESKAPE:

Bactérias patogénicas de elevada relevância clínica.  Muitas vezes causadoras de infecções nosocomiais, potencialmente multi-resistentes aos antibióticos comuns, representam um desafio à prática clínica e ao desenvolvimento de novas substâncias antimicrobianas.

BD resistência a AB.jpg

Trabalho de Daniela Ribeiro (aluna do Mestrado em Microbiologia da UA, em colaboração com o Serviço de Patologia Clínica do Centro Hospitalar do Baixo Vouga), Ana Mesquita, Adriana Ribeiro, Elmano Ramalheira e Sónia Ferreira, apresentado ao SciComPT 2021.

O uso excessivo e inadequado de antibióticos favoreceu um aumento exponencial da resistência bacteriana que enfrentamos nos dias de hoje em todo o mundo.
A situação tem vindo a agravar-se com a emergência de microrganismos multirresistentes que se tornam cada vez mais frequentes. Consequentemente, há infeções provocadas por estes microrganismos cujo tratamento se revela difícil ou mesmo impossível.
Considerando a severidade desta problemática é importante a consciencialização do público em geral para este tema, pois, na verdade, um cidadão informado torna-se um cidadão mais responsável e consciente na tomada de decisões.